Manchetes

Sai o resultado da Operação "Sal Grosso"

O tempo passou, mas o resultado saiu. O juiz da 3ª Vara Criminal de Mossoró, Cláudio Mendes Júnior, proferiu ontem a sentença contra os réus do processo que apura as irregularidades identificadas na "Operação Sal Grosso". Foram nove os condenados pelos crimes de peculato e corrupção passiva. São eles: João Newton da Escóssia Júnior (6 anos e 4 meses); Aluízio Feitosa (5 anos e 4 meses); Ângelo Benjamim de Oliveira Machado (5 anos e 4 meses); Claudionor Antônio dos Santos (5 anos e 4 meses); Daniel Gomes da Silva (5 anos e 4 meses); Gilvanda peixoto Costa (5 anos e 4 meses); Manoel Bezerra de Maria (5 anos e 4 meses); Maria Izabel Araújo Montenegro (5 anos e 4 meses); e Osnildo Morais de Lima. Caso seja mantida a condenação nas instâncias superiores todos eles devem cumprir suas penas em regime semiaberto. Mas a punição maior neste caso não foi judicial. Muitos dos condenados ontem tiveram um forte impacto na eleição de 2008. Perderam as reeleições e dificilmente voltarão à vida pública a partir do voto popular. Que sirva de exemplo. 
Esquema

A "Operação Sal Grosso" foi deflagrada em novembro do ano de 2007 e desvendou esquema de corrupção praticado na Câmara de Vereadores da cidade de Mossoró.
A operação resultou na apreensão de mais de vinte mil documentos e 40 computadores. Provas suficientes para condenar boa parte dos envolvidos.
Fonte: Jornal O Mossoroense, 17/02

Sobre a Guarda Civil

A Guarda Civil Municipal de Mossoró conta com 278 profissionais, treinados e capacitados para resguardar a segurança do cidadão mossoroense.  Sempre com a preocupação de mostrarmos para a população que somos uma Guarda Cidadã e que estamos nas ruas para lutarmos por um mundo mais justo, desde a proteção dos bens patrimoniais, até a segurança do cidadão.  Conte conosco. Ligue 153




Nuvens de Tags