Manchetes

Após ser depredada, Escola Senador Duarte Filho recebe apoio da Ronda da Guarda Civil para garantir a segurança

Escola_foi_depredada_no_final_de_semana
Após o ocorrido, a Guarda Civil Municipal foi chamada para fazer a ronda todos os dias para garantir a segurança patrimonial da escola.

Entendam a notícia: Funcionários da Escola Municipal Senador Duarte Filho, localizada no conjunto Walfredo Gurgel, ficaram assustados quando chegaram para trabalhar na manhã de segunda e encontraram a unidade de ensino depredada. Segundo a vice-diretora Noilza Alves, vários itens foram destruídos pela ação de marginais no final de semana.

"O pessoal chegou para trabalhar por volta das 6h e encontrou a horta destruída, canos quebrados na caixa d'água e muita bagunça. Inclusive, eles conseguiram arrombar uma parte do bebedouro para jogar as plantas dentro.
O bebedouro é chumbado e tem uma grade com um cadeado. Não sei como eles conseguiram fazer isso", relata a vice-diretora.

Ainda segundo Noilza Alves, essa não é a primeira vez que vândalos conseguem entrar na escola. "Esses arrombamentos já vinham acontecendo. Por esse motivo, nós avisamos à Gerência de Educação. Como medida, a Guarda Civil Municipal está fazendo a ronda todos os dias para garantir a segurança patrimonial da escola. Acreditamos que esse arrombamento foi uma retaliação a essa medida", diz a vice-diretora.

Noilza Alves também comenta que os danos causados pela ação dos vândalos já foram reparados.
"Quando chegamos, uma empresa foi contratada para fazer os reparos ainda durante a manhã, de forma a garantir o funcionamento da escola. Como está acontecendo os jogos interclasse, não precisamos alterar o cronograma da unidade para os reparos.
No entanto, tivemos que dispensar os alunos às 10h porque faltou água no bebedouro, já que estava passando por reparos", explica.

A vice-diretora também afirma que será enviado um relatório à Gerência de Educação que deverá acionar a Defesa Social. "O relatório já está finalizado e iremos remetê-lo". Sobre os problemas da violência, Noilza Alves acredita que se trata de um problema do conjunto Walfredo Gurgel. "A localidade passa por um momento de insegurança, o que acaba atingindo a escola", conclui.

Fonte: O Mossoroense

Sobre a GCM Mossoró

A Guarda Civil Municipal de Mossoró conta com 278 profissionais, treinados e capacitados para resguardar a segurança do cidadão mossoroense.  Sempre com a preocupação de mostrarmos para a população que somos uma Guarda Cidadã e que estamos nas ruas para lutarmos por um mundo mais justo, desde a proteção dos bens patrimoniais, até a segurança do cidadão.  Conte conosco. Ligue 153




Nuvens de Tags