Manchetes

Forças de segurança intensificam fiscalização em vias de acesso à cidade

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), formado por forças de segurança e entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), se reuniu na tarde desta quinta-feira, 20, com o objetivo de elaborar estratégias e metas para evitar que a cidade venha a sofrer novamente interdições em suas vias de acesso por pessoas que praticam irregularmente a profissão de taxistas e estão conduzindo passageiros para Mossoró de forma clandestina.

A reunião do GGIM foi acompanhada por representantes da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF), II Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (DRPE), OAB, Defesa Civil, Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB), Corpo de Bombeiros, 2º e 12º Batalhão de Polícia Militar. As forças de segurança garantiram que continuarão atuando em conjunto para combater a ação dos motoristas clandestinos, intensificando o patrulhamento nas rodovias de acesso a Mossoró, ampliando dessa forma o policiamento e a fiscalização nessas regiões.

“Pela primeira vez, a Mobilidade Urbana vem sendo tratada como prioridade em nossa cidade e não iremos permitir que a ação de algumas poucas pessoas, que atuam de forma irregular e não concordam com a regulamentação do transporte de passageiros adotada em Mossoró, prejudique o andamento desse processo e impeça o direito de ir e vir da população. O caminho é o diálogo e, consensualmente, chegamos a um acordo com os taxistas intermunicipais legalizados, que estão respeitando o que foi proposto”, destacou o prefeito Francisco José Júnior.

O chefe do Poder Executivo municipal elencou ainda as medidas implantadas pela Prefeitura de Mossoró no sentido de viabilizar o sistema de transporte coletivo, como, por exemplo, a ampliação da frota de ônibus, que saltou de 17 para 35 na atual gestão. “Toda mudança gera dificuldades no começo, principalmente em um tema complexo como é a Mobilidade Urbana, mas estamos conseguindo avançar, com coragem e determinação. Repito: o caminho é o diálogo e é assim que agimos. É preciso agora que as regras sejam cumpridas e medidas de precaução sejam tomadas para evitar novos protestos nas entradas e dentro da cidade”, frisou o prefeito. 

De acordo com o secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, Alvibá Gomes, o monitoramento nas entradas de Mossoró já estava sendo intensificado e agora esse trabalho ganhará novos reforços. “Estamos solicitando dos comandos dos Batalhões que viaturas da Bases Integradas Cidadãs (BICs) acompanhem o patrulhamento realizado pela Guarda Civil nessas vias de acesso, patrulhamento esse que está plenamente de acordo com o que prevê a Lei Federal nº 13.022, de 8 de agosto de 2014”, conclui o secretário.
SECOM

Sobre a Guarda Civil

A Guarda Civil Municipal de Mossoró conta com 278 profissionais, treinados e capacitados para resguardar a segurança do cidadão mossoroense.  Sempre com a preocupação de mostrarmos para a população que somos uma Guarda Cidadã e que estamos nas ruas para lutarmos por um mundo mais justo, desde a proteção dos bens patrimoniais, até a segurança do cidadão.  Conte conosco. Ligue 153




Nuvens de Tags