Manchetes

Ministério da Justiça comemora 10 anos de cursos on-line na segurança pública

O Brasil tem hoje a maior plataforma on-line de educação profissional em segurança pública do mundo, com 648 mil agentes públicos cadastrados em todo o país. Criada em dezembro de 2005 pelo Ministério da Justiça, a Rede Nacional de Educação a Distância para a Segurança Pública (Rede EaD) está comemorando 10 anos.

"A Rede EaD viabiliza o acesso gratuito à educação continuada, integrada e qualificada para os profissionais de segurança pública, independentemente das limitações geográficas e temporais. Em 10 anos de existência, são mais 130 milhões de horas-aula realizadas via internet. O acesso ao conteúdo é gratuito e ajuda no aperfeiçoamento do serviço prestado à população", afirma o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Segundo a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, para esse ano de 2016, serão oferecidos 74 cursos sobre as mais diversas atividades da segurança pública. "O conteúdo é passado ao participante através de textos e vídeos, além de requerer avaliações objetivas e subjetivas via internet", explica a secretária Regina Miki.

Há disciplinas específicas para o perito criminal ou o bombeiro militar, como 'Balística Forense Aplicada' e 'Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas', respectivamente. Há também temas mais abrangentes, para os diversos segmentos, como os cursos 'Condutores de Veículos de Emergência' e 'Atendimento às Mulheres em Situação de Violência'.

Podem ter acesso às aulas policiais civis, policiais militares, policiais federais e rodoviários federais, bombeiros militares, peritos forentes, papiloscopistas, guardas municipais e agentes penitenciários. Basta acessar o site ead.senasp.gov.br nos períodos de inscrição. A solicitação de matrícula será avaliada e, sendo confirmado tratar-se de profissional dentro do publico alvo, a inscrição será homologada.

Novidades
A Senasp/MJ prepara duas novidades da Rede EAD para 2016: a graduação em tecnólogo em Segurança Pública e o início do processo seletivo para renovação do banco de tutores.

A nova modalidade de graduação em tecnólogo em Segurança Pública irá proporcionar aos servidores desta área, que ainda não possuem formação superior, a oportunidade de se especializarem numa formação em que eles já atuam. “A graduação e pós têm o propósito de fazer com que todos os operadores de Segurança Pública do país estejam bem qualificados para a execução de um trabalho capacitado e instruído”, ressalta a secretária Regina Miki.

A Senasp também iniciará o processo seletivo para a renovação do banco de tutores. A iniciativa permite aos servidores uma formação em tutoria dos cursos disponíveis nos ciclos da Rede de Ensino a Distância.

"Estamos comprometidos em buscar o contínuo desenvolvimento dos cursos disponíveis para os servidores de Segurança Pública. Assim, os servidores que não são tutores (ou professores a distância), terão a chance de se tornarem. O objetivo é estabelecer este processo a cada dois anos para dar mais qualidade ao ensino, pois os selecionados serão profissionais qualificados e dedicados para exercer esta tutoria. A previsão é de que o processo seletivo inicie em fevereiro de 2016", acrescentou.

Participação
Para participar dos cursos, o profissional de segurança pública deve procurar o setor de ensino de sua instituição, para se registrar na Rede, e depois pode ser matricular via internet nos cursos, que são disponibilizados através de ciclos.


A cada ano realizam-se três ciclos de aulas, dos quais participam cerca de 200 mil alunos. Cada curso tem duração média de 40 ou 60 horas-aula, distribuídas em até três meses.

São formadas, a cada ciclo, pelo menos três mil turmas, que contam com até 50 alunos por sala virtual.

A Rede EaD está presente nas 27 Unidades da Federação através de telecentros instalados nas capitais e principais municípios do interior. Essas unidades servem de suporte para os alunos e estão em academias, escolas e centros de formação e aperfeiçoamento.

As instituições de ensino de segurança pública também podem solicitar a criação de turmas fechadas na Rede EAD, para atendimento a demandas específicas de formação ou aperfeiçoamento, inclusive para fins de promoção na carreira. O módulo academia tem por objetivo complementar o ensino presencial das instituições representando ainda grande economia de tempo e recursos.

Ministério da Justiça
Twitter/justicagovbr
(61) 2025-3135/3315/3928 

Sobre a Guarda Civil

A Guarda Civil Municipal de Mossoró conta com 278 profissionais, treinados e capacitados para resguardar a segurança do cidadão mossoroense.  Sempre com a preocupação de mostrarmos para a população que somos uma Guarda Cidadã e que estamos nas ruas para lutarmos por um mundo mais justo, desde a proteção dos bens patrimoniais, até a segurança do cidadão.  Conte conosco. Ligue 153




Nuvens de Tags