Manchetes

ROPE participa de evento escolar em parceria com a Polícia Civil

O VII Seminário da Família alterou por uma semana a rotina da Escola Estadual Padre Alfredo, localizada no bairro Santo Antônio. O evento, que acontece anualmente, teve sua edição 2017 encerrada no final da tarde deste sábado, 20. Com o tema Escola Família e Cidadania: Direitos e Deveres em Movimento, o seminário teve uma novidade nessa edição: a participação da Ronda Preventiva Escolar (ROPE), da Guarda Civil Municipal de Mossoró, em parceria com a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA), e que tem a frente o delegado Rafael de Sá.

De acordo com o comandante da ROPE, inspetor F. Silva, durante toda a semana os alunos dos turnos matutino e vespertino tiveram palestras de diversos temas, entre eles os que passam pela competência da Polícia Civil e da Guarda Municipal. “Os temas iam desde Direito Previdenciário até aqueles que passam pelo dia a dia das instituições de segurança pública como escola, cidadania e combate as drogas. Como temos uma grande parceria com a DEA, o delegado Rafael nos convidou para ficar a frente das palestras com essas temáticas”, conta o inspetor.

Responsável pela palestra dessa sexta-feira, 19, o delegado Rafael explanou por cerca de 1 hora sobre os “Direitos e Deveres em Movimento”. Durante sua fala, o titular da DEA falou sobre as principais ocorrências que chegam a delegacia do adolescente, como procedem as medidas sócio educativas dos menores, desde a denúncia/apreensão até a sua internação, sobre os direitos e deveres do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), além de ter provocado um debate no final da exposição sobre alguns tabus, como, por exemplo, a maioridade penal no Brasil.

“Temos de cumprir expediente dentro da polícia, mas é super importante fazer esse trabalho preventivo e educativo nas escolas”. Comenta o delegado, opinando ainda que o adolescente bem instruído e orientado tem poucas chances de ser um jovem infrator no futuro e completa: “infelizmente essa escola está concentrada numa zona de grande vulnerabilidade, onde são fomentadas as disputas e o tráfico. A partir disso, as facções começam a se apoiar na falta de informações desses adolescentes. Porém, se a gente esclarecer a esses jovens quanto a essas situações, com certeza nós iremos conseguir diminuir a incidência da criminalidade precoce nessas comunidades”, conclui Rafael.

O comandante da ROPE também concorda sobre a importância dessas palestras que acontecem em parceria com a DEA. “Nós fazemos um mapeamento das escolas mais vulneráveis do município e são nessas escolas que realizamos palestras, sempre com a presença de Rafael”, anota F. Silva. Ele explica ainda como ocorre essa parceria entre o pelotão escolar da guarda e a delegacia especializa. “Nós trabalhamos em conjunto, em sintonia, seja em escolas do município, área de nossa abrangência constitucional, ou excepcionalmente em escolas estaduais, quando o delegado nos convida de maneira oficial”, finaliza o inspetor.

Fonte: GCM Edwardo Vinnícius

Sobre a Guarda Civil

A Guarda Civil Municipal de Mossoró conta com 278 profissionais, treinados e capacitados para resguardar a segurança do cidadão mossoroense.  Sempre com a preocupação de mostrarmos para a população que somos uma Guarda Cidadã e que estamos nas ruas para lutarmos por um mundo mais justo, desde a proteção dos bens patrimoniais, até a segurança do cidadão.  Conte conosco. Ligue 153




Nuvens de Tags